Notícias

Mães da Fapeal ganham festa inovadora

noticia09Na sexta-feira (8), a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal) proporcionou uma comemoração do Dia das Mães diferente, por meio de ações inovadoras da Gerência de Recursos Humanos (GRH) e da Unidade Gestora de Tecnologia da Inovação (UGTI), que utilizaram a ocasião para promover práticas de gestão integradoras.

A brincadeira “Mãe Oculta”, que teve início dias antes com o sorteio dos nomes entre os colegas, é uma variação do amigo oculto, na qual colaboradores que ainda não tiveram filhos ganharam a missão de homenagear uma das vinte e duas mães entre as efetivas, comissionadas e terceirizadas da Fundação. Assim, a GRH garantiu que servidores de todos os setores se envolvessem na brincadeira. “O diferencial da brincadeira está no fato desses colaboradores perceberem o potencial que têm em si para se dedicar a outra pessoa”, explica Tereza Trindade, administradora e bolsista do setor.

A própria Gerência de Recursos Humanos, que tanto cuida dos outros setores, “como uma mãe”, por meio de ações relacionadas ao bem-estar de todos os funcionários, também foi surpreendida. A Unidade Gestora de Tecnologia da Informação da Fapeal (UGTI), formada por 11 homens e uma mulher, rompeu com o estereótipo comumente associado aos setores de informática. Numa ação inusitada, os colegas entraram na sala onde acontecia a homenagem e ofereceram cestinhas artesanais customizadas por eles mesmos e recheadas com bombons, contendo também uma mensagem. Foi mais um momento emocionante e até engraçado.

O diretor de Desenvolvimento Institucional da Fundação, Georginei Neri, foi o responsável pela inovação. “Numa reunião, desafiei a TI a fazer algo diferente para a Fapeal, com suas próprias mãos”, explica. “As empresas com as práticas de gestão mais inovadoras do mundo hoje são da área de informática, e isso passa por uma cultura organizacional de pensar fora da caixa e desafiar expectativas, e isso também pode acontecer aqui dentro”, comentou o gestor.

O coordenador setorial da UGTI, Antônio Fernando Souza, explica que a ideia promoveu um mutirão de colaboração na equipe. “Mesmo no Dia das Mães, o que os colegas esperam de brinde da TI é um pen-drive”, observa. “Mas a equipe toda se uniu e foi interessante, tivemos que aprender a técnica do macramé juntos e ensinar uns aos outros. Foi uma experiência muito interessante tanto pela surpresa para os outros, quanto para quem está dentro no setor”, concluiu.

A comemoração contou, ainda, com depoimentos de filhos, de mães, troca de presentes, desfile e lanche. Um dia para não ser esquecido.