DestaqueNotícias

Por meio de edital, Fapeal investe nas revistas científicas de Alagoas

Edital garantiu recursos a nove publicações; Fundação também articula suporte técnico e acadêmico aos editores universitários

Auditório da Fapeal. Fotos Tárcila Cabral

Os recursos do Governo Federal para pós-graduação e pesquisa são garantidos através de um competitivo sistema de indicadores, nos quais universidades do país inteiro concorrem, com pouca consideração sobre as assimetrias de desenvolvimento entre as regiões. Aqui no estado, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal) atua para garantir as melhores condições de performance e competitividade aos pesquisadores alagoanos, através de editais direcionados à necessidades específicas da comunidade acadêmica local.

Um exemplo é a Chamada de Apoio à Editoração e Publicação em Periódicos. Periódicos Científicos são revistas especializadas que existem especificamente para fazer a circulação do conteúdo produzido pelos acadêmicos, em âmbitos nacional e global.

Esta é a segunda chamada do edital, na qual foram selecionados oito periódicos da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e um da Universidade Estadual de Alagoas (Uneal). Os editores das nove publicações visitaram a Fapeal na última quarta-feira (14) para receber orientações dos setores científico e de prestação de contas da Fundação.

Daniel Alves

“Na primeira edição de 2016-2017, percebemos quais são as dificuldades e os pontos em que podemos melhorar. É um processo contínuo de melhoria, onde os periódicos estão sendo sempre avaliados de acordo com os critérios nacionais, e isso é o importante”, avalia Daniel Alves, assessor de Pesquisas e Tecnologias da Fapeal.

Uma participação significativa foi a dos pesquisadores do Projeto Portal Periódicos de Alagoas, apoiado pela Fapeal. Ronaldo Araújo, professor do curso de Biblioteconomia da Ufal, falou sobre os principais desafios de ser um editor de periódico científico no Brasil, e apresentou os esforços para sistematizar dados e um portal sobre as revistas de Alagoas. “O projeto de pesquisa é uma forma institucionalizada de apoio à qualificação dos periódicos científicos do estado”, disse o doutor em Ciências da Informação.

Diversidade

Patrícia Pedri e Ronaldo Araújo

Foram selecionadas revistas nas áreas de Economia Aplicada, Ensino da Saúde, Educação, Sociologia, Letras e Linguística, História e Proteção de Plantas – todas da Ufal – e Dinâmicas Territoriais e Cultura, da Uneal.

O professor João Bittencourt, da Ufal, editor da Revista Latitude, da área de Sociologia, diz que, como a revista tem um viés multidisciplinar, também é lida por pessoas das áreas de Psicologia, Antropologia e História, por exemplo.

“A gente tem feito dossiês com temas bem diversos. Agora, estamos com um sobre cenas musicais, que vai sair em dezembro. O anterior foi sobre Sociologia Econômica, então estamos sempre diversificando”, explica o doutor em Ciências Sociais.

Comments (1)

  1. […] o contexto dos programas de Pós-graduação o acadêmico espera que as outras revistas universitárias atentem para esta necessidade, mas, além disso, movimentem suas produções. “Como editor da […]

Comments are closed.